Dia: 21 de Maio, 2011

Depois do crepúsculo

Noite de sexta-feira: contos de Júlio Cortazar sob a luz do candeeiro, e Raicilla, La Taberna, tequila (artesanal) de San Sebastian del Oeste. Comprei-a nas montanhas sob um feroz ataque de mosquitos e um sol que cortava a tiras a paisagem. Foi um momento feliz: o cheiro da terra e das árvores, a amabilidade dos interlocutores, o pó da estrada que me fez lembrar África, ou seja, o Sul, sempre tão majestoso como o templo mais simbólico do mundo.