Orvalho

Reparo: lá fora, através do vidro do quarto, tudo verde.  Saio?
Claro que sim. Há um vermelho intenso aqui perto onde o meu olhar poisou ontem como um pássaro. Buganvílias, estou certo, ardentes, coladas ao ar como se fossem o fogo de as acarinhar a caminho do meu dia, agora tão cheio de orvalho neste espaço ao lado de mim, que é o rumor do mar onde me ausento tantas vezes por o amar tanto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s