Feira do livro

A senhora, com um ar de chuva nos olhos, folheava um livro. Sei lá!, eram seis da tarde, talvez mais tarde. Nunca sei que horas são no mundo dos outros.

Bom.

Ouvia Nat King Cole no momento em que a senhora, compenetrada, folheava um livro.

Foi tão bonito!

Não sei, porém, se foi o seu olhar adormecido nas palavras ou se a voz, magnífica e eterna, de Nat King Cole.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s