Natal?

Regresso a casa com as luzes do Natal a piscarem nos retrovisores da carrinha. Desligo o motor e logo o para-brisas se deixa tomar pela escuridão e pela chuva que, forte, obscurece o vidro. As luzes são das casas dos vizinhos. Vivo aqui há vinte e um anos e não os conheço. O pior de tudo isso é que eu não me importo, nem eles em relação a mim. Vivemos todos no Inverno do mundo, fechados, recolhidos nas nossas vidas egocêntricas. Não há curiosidade que nos una, um gesto, uma palavra de saudação. Um sorriso. Entramos e saímos dos nossos carros como se fôssemos apenas nós que morássemos nesta rua, e os nossos passos crescessem com ervas selvagens.
Com a mesma indiferença com que noto as luzes de Natal a piscarem na longa noite do vazio, tiro a chave da ignição, fecho a janela e saio para a chuva.

Anúncios

Um pensamento sobre “Natal?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s