About

Este é um espaço para desbravar circunstâncias e pormenores do quotidiano. Outros materiais poderão ser encontrados na minha página pessoal: http://www.eduardobpinto.com

Anúncios

Um pensamento sobre “About

  1. VIAGEM

    pegar num livro que não foi escrito
    no regresso da viagem ter nas mãos
    o livro em que ele não escreveu os passos
    da viagem capítulos, frases de conversa,
    paisagens, cumprimentos, um “bom dia”
    a porta de um quarto emprestado
    a visão que lhe é oferecida nos campos
    onde os cavalos lavram em grupos de seis
    como os dedos lavram as páginas
    normalmente em grupos de cinco
    e o condutor da quadriga
    ou o guardador de rebanhos ou o apendiz
    rasga os sulcos e em vez das sementes
    ou da carinhosa condução das ovelhas
    vai deitando palavras nos sulcos
    e como elas se aninham levadas pelas ideias

    primeiro fora a partida
    deixando a casa sem fechar a porta por completo
    o destino se o havia estaria pré-escrito
    escolhido entre dois livros escritos
    e o livro em branco que assim continuaria
    volátil como toda a dispersão
    por excesso de ofertas e disponibilidades
    não adivinhava a clareza da visão
    correspondida pela branquião clara transparência
    quando ainda não fora vertida na folha a viagem

    entre esta e o regresso as horas
    os tempos contados na ferrugem e uso das coisas
    quando as mãos nelas deixavam as marcas
    que nem o tempo apagava antes lhes acrescentava
    mais tempo mais vida mais vidas mais
    horas e horas de caminho e procura
    num índice nem sempre organizado
    pelos anos ou pela importância dos temas
    que tanto se perfilavam sóbrios no seu lugar
    com num outro espaço que também era seu
    se derretiam misturavam confundiam

    a ponto de letras e páginas de calendário
    serem as primeiras personagens a questionar
    o seu lugar a sua ordem numérica
    como se fosse a antítese da poesia
    (quando as palavras sabem bem onde estar
    jundo de que outras palavras se sentem bem
    – pesem embora os inadvertidos erros
    de dactilografia nublada) Assim era
    já antes de um regresso antecipado
    a perspectiva da viagem de fuga
    para um interior e reencontro tantas vezes
    desejado como logo adiado
    hoje o trabalho a obrigação amanhã
    a devoção quando as duas prendem
    e cancelam a viagem… a continuar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s